O que visitar em Roma

Fontana di Trevi

Roma – Conheça melhor, saiba o que visitar!

Roma é a capital de Itália, conhecida internacionalmente como A Cidade Eterna pela sua história milenar. Ela espalha-se pelas margens do rio Tibre, compreendendo o seu centro histórico entre as suas sete colinas. No interior da cidade encontra-se inserido o estado da Cidade do Vaticano, sede da Igreja Católica Apostólica Romana e residência do Papa.

Roma é uma das cidades com maior importância na História mundial, sendo um dos símbolos da civilização europeia. Falamos da maior cidade italiana e também na capital europeia de maiores dimensões. O turismo que detêm desempenha um papel vital na economia da cidade, sendo ela um dos mais famosos destinos turísticos do mundo.

Roma é também um grande centro de referência em sectores como no bancário e financeiro, assim como na moda e na culinária.

Com tudo isto, Roma pode realmente não ter sido feita em dois dias.

Aqui destacamos os seguintes pontos:

Coliseu

Localizado no centro de Roma, o também conhecido como Anfiteatro Flaviano, é actualmente a maior atracção turística da cidade. Todos os anos milhares de turistas deslocam-se aqui para ver o interior da arena que em tempos abrigava 50 000 pessoas, sendo utilizada para os mais variados espectáculos. Embora esteja hoje em ruínas devido a terremotos e pilhagens, o Coliseu sempre foi visto como símbolo da grandiosidade do Império Romano, tendo sido em 2007, considerado uma das “Sete maravilhas do mundo moderno”.

Fontana di Trevi

Esta é, entre tantas outras em Roma, uma das fontes mais emblemáticas da cidade. Com cerca de 26 metros de altura e 20 metros de largura é a maior e mais ambiciosa construção de fontes barrocas de Itália. O monumento tem sido ao longo dos tempos cenário de varias episódios famosos, nomeadamente do cinema. Entra em cenas de filmes como “La Dolce Vita” de Federico Fellini, ou em “Tototruffa 62”. A fonte aparece também como fundo principal no videoclip da canção “Thank You for Loving Me” do grupo Bon Jovi.

Se vai a Roma não pode deixar de lá ir, atirar uma moeda e pedir um desejo.

Panteão

Também conhecido como Panteão de Agripa, este é o único edifício construído na época greco-romana que, actualmente, se encontra em perfeito estado de conservação.

Originalmente o Panteão terá sido construído em 27 a.C., durante o terceiro consulado de Marco Vipsânio Agripa. Porém um incêndio em 80 d.C. o terá destruído, tendo sindo totalmente reconstruído no ano 125, durante o reinado do imperador Adriano.

Actualmente é famoso pela sua cúpula e por toda a magnificência do seu interior.

Castelo de Santo Ângelo

Este é hoje um magnífico museu situado na margem direita do rio Tibre, em frente da ponte de Sant’Angelo. É conhecido como o Mausoléu de Adriano por ter sido por si iniciada a construção como mausoléu pessoal e familiar (Tumbas de Adriano), decorria o ano de 139. Do seu terraço superior tem-se uma magnífica vista sobre o rio Tibre, dos prédios da cidade e, por estar situado relativamente perto do Vaticano, do domo superior da Basílica de São Pedro.

Basílica de São Pedro

Esta é a tão famosa basílica do estado do Vaticano, a maior das igrejas do cristianismo e um dos locais cristãos mais visitados de todo o mundo. Ocupa uma área de 23000 m² e pode albergar mais de 60 mil crentes. O interior do edifício é o mais protuberante de todo o Vaticano, sendo sua cúpula facilmente distinguida no horizonte de Roma, nomeadamente as 340 estátuas de santos, mártires e anjos que a adornam.

Foi provado que sob o altar da basílica está enterrado São Pedro, um dos doze apóstolos de Jesus e o primeiro Papa, assim como muitos outros Papas têm sido enterrados aí desde então.

Situada na Praça de São Pedro, a construção da basílica recebeu contribuições de alguns dos maiores artistas da história da humanidade, tais como Bramante, Michelangelo, Rafael e Bernini. Assim, a nível arquitectónico é considerado o maior edifício de seu período artístico.

Basílica de São João de Latrão

Esta é a Catedral do Bispo de Roma: o Papa. Seu nome oficial é Archibasilica Sanctissimi Salvatoris (Arquibasílica do Santíssimo Salvador) e é considerada a “mãe” de todas as igrejas do mundo. Como catedral da Diocese de Roma, contém o trono papal, o que a coloca acima de todas as igrejas do mundo, inclusive da Basílica de São Pedro.

Fórum Romano

O Fórum Romano era o principal centro comercial da Roma Imperial. Ali havia lojas, praças de mercado e de reunião. Também era o local onde exactamente ficava o coração concelhio.

Actualmente é famoso pelas ruinas e por tudo o que do Fórum fazia parte e que ainda resta, tais como templos, basílicas, arcos entre tantos outros.

É considerado um local especial em Roma, por ser até um local sagrado, o Fórum Romano faz parte ainda hoje, assim como o Coliseu, das passagens obrigatórias da procissão da Via Sacra.

Trinità dei Monti

Esta é uma belíssima igreja romana e certamente das mais fotografadas por turistas e romanos. Ela está localizada no alto da Piazza di Spagna e da monumental escadaria chamada Espanhola e é sem dúvida um dos cartões-postal da cidade. Arquitectada por Francesco de Sanctis em 1726, Trinitá dei Monti continua a ser ainda hoje o ponto de encontro de romanos e de turistas, de dia e de noite. Pare por lá e repare nas torres da belíssima fachada e nos importantes e famosos frescos do seu interior.

 Termas de Caracala

Estas ruínas são o que resta das monumentais Termas de Caracala, construídas entre 212 e 217, durante o governo do imperador romano Caracala. Por entre uma vasta lista de termas em Roma, estas são um perfeito exemplo das grandes termas imperiais da época. Grande parte de sua estrutura ainda se encontra conservada. No século V , Polêmio Sílvio falava delas  como “uma das sete maravilhas de Roma”, tão famosas pela riqueza de sua decoração e das obras que possuía. Num edifício que media 337 por 328 metros, estas grandiosas termas podiam albergar mais de 1.500 pessoas.

Villa Borghese

Villa Borghese Pinciana é o nome dado a um palácio romano que integra os magníficos Jardins da Villa Borghese, um grande jardim paisagístico à maneira inglesa, um dos maiores parques de toda a cidade. Aqui neste lindo palácio aproveite para conhecer, também, a belíssima colecção de arte no museu aí instalado, a Galleria Borghese.

Teatro de Marcelo

O teatro de Marcelo é um teatro construído na Roma Antiga, ainda parcialmente conservado, erguido por vontade de Júlio César e continuado por Augusto. Com cerca de 130 m de diâmetro, este teatro carrega nas suas paredes séculos de histórias. Tendo sido inaugurado a 11 ou 13 a.C., ele conservou-se ao longo dos tempos junto ao templo de Apolo Sosiano. A sua fachada é imponente!

Arco de Constantino

No meio de uma tão vasta lista de arcos triunfais em Roma, destacamos este, pela sua magnificência e pela sua localização, próximo do Coliseu. É realmente soberbo, vale a pena passar para ver!

Museus Capitolinos

Trata-se de um conjunto de palácios romanos que albergam uma grande e importantíssima colecção de obras de arte. Salvo uma construção anexa, localizam-se no topo da colina do Capitólio, rodeando uma praça redesenhada por Michelangelo em 1536 e reconstruída ao longo de 400 anos. É aqui que se encontra a afamada escultura etrusca A Loba Capitolina.

Catacumba de São Calisto

Em Roma existem ainda hoje algumas catacumbas abertas ao público. Uma das mais visitadas em todo o mundo é esta de São Calisto. Situada numa região central de Roma, na Via Ápia, consta que vinte mil pessoas estão enterradas lá. Ela ocupa cerca de cinco andares abaixo da terra, entre mais de vinte quilómetros de corredores que levam aos diversos túmulos de pessoas que viviam na época de Jesus Cristo. Estas catacumbas, usadas como templo, são em si um verdadeiro tesouro arqueológico.

Museu Nacional Etrusco

O Museu Nacional Etrusco é um dos mais importantes museus dedicados à preservação da arte etrusca em todo o mundo. O museu está instalado numa antiga e afamada mansão de 1553, apelidada de Villa Giulia.

Galeria Nacional de Arte Moderna e Contemporânea

Este é um excelente museu fundado em 1883 e é dedicado principalmente à arte da Itália dos séculos XIX a XXI, possuindo também uma secção de arte internacional. Seu acervo inclui obras-primas de variados artistas de renome internacional, como Claude Monet, Jackson Pollock e Vincent van Gogh.

Assim percebe-se que Roma perdeu o Império, mas não a majestade. Comprove-o, vá até lá.

Afinal….todos os caminhos vão dar a Roma!

Galeria de imagens de Roma:

Plano de Metro de Roma

Plano do Metro de Roma

Mapa de Roma


Ver mapa maior

Dica para transporte em Roma

Embora em termos de transportes as soluções sejam bastante satisfatórias, devido às características de Roma, o aluguer de carro pode ser uma excelente alternativa. Recomendamos que procure o seu carro através de um motor de pesquisa de alquiler de coches en Italia (www.alquilercochesitalia.es). De forma a conseguir visualizar as melhores opções de reserva.

Boa Viagem :)

Conheces este local? Deixa-nos a tua sugestão!

Conheces este local? Deixa-nos a tua sugestão!

Powered by Facebook Comments

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>